Desde 1978 informando sobre Produtos Industriais

Driver Sigfox é lançado pela Elipse Software

Tecnologia permite que as plataformas da Elipse recebam informações via rede Sigfox

A Internet das Coisas (IoT) já é uma realidade hoje. Através de suas tecnologias, é possível conectar milhares de dispositivos do mundo real para o virtual, gerando novas possibilidades de automação, ganhos de eficiência e produtividade. Neste contexto, em 2009, nasceu a Sigfox, operadora de rede global francesa que utiliza uma rede sem fio de longo alcance e modems de baixo custo para conectar dispositivos de baixa potência, como medidores, alarmes, rastreadores e relógios, a uma nuvem na Internet. Assim, permite que estes dispositivos enviem e recebam mensagens curtas através das suas de antenas.

Desenvolvido pela Elipse Software, o driver Sigfox integra aplicações dos principais softwares da Elipse com a rede Sigfox. O driver permite que os equipamentos IoT Sigfox Ready conectados à rede da operadora enviem seus dados aos softwares da Elipse. Importante verificar, antes de tudo, se os equipamentos e a aplicação que deseja conectar à nuvem estão localizados em uma das áreas de cobertura da operadora.

Arquitetura da rede Sigfox

Atualmente, a rede Sigfox é disponibilizada a um total de 58 países. Segundo a WND, empresa que está implementando a rede no Brasil, estima-se conectar mais de 20 milhões de dispositivos este ano, no país. Hoje, a rede está instalada em todas as capitais brasileiras e em 70% das cidades com mais de 200 mil habitantes, abrangendo cerca de 120 milhões de pessoas. O foco é atender a diversos setores da economia, como o agronegócio, segurança, logística, cidades conectadas, entre outros.

Mais informações sobre a rede Sigfox no vídeo. Clique aqui para baixar o driver Sigfox.

Acesse o novo kb.elipse.com.br e tenha acesso a todos artigos técnicos da Elipse.

Clique em newsletter.elipse.com.br, preencha o formulário e passe a se manter informado sobre esta e demais novidades da empresa.

Romi destaca tecnologia em sua participação na Expomafe

Máquinas expostas na feira agregam alta tecnologia e produtividade para a indústria

A Romi, líder na indústria brasileira de máquinas e equipamentos industriais, participou pela segunda vez da feira Expomafe realizado no São Paulo Exhibition & Convention Center, maior centro de convenções da América Latina. O evento, que teve duração de 5 dias reuniu público qualificado e interessado no segmento de máquinas-ferramenta e trouxe excelentes oportunidades de negócio para a empresa.

Buscando inovação e renovação dos parques industriais, foi lançada a nova geração dos Centros de Torneamento da Linha ROMI GL, um novo conceito em produtividade e tecnologia. Os modelos robustos, modernos e de alto desempenho foram as principais atrações do estande de 750m².

“Com uma meta ousada, podemos dizer que esse evento foi fundamental para sentirmos a reação do mercado a economia atual. Os lançamentos apresentados colocam a Romi em um patamar diferenciado, proporcionando alta tecnologia e ganhos significativos em produtividade para a indústria.”, afirma Luiz Cassiano Rando Rosolen, Diretor-Presidente da Companhia.

Atraindo a atenção de compradores, estudantes e visitantes, a linha Hybrid conta agora com mais opções: os Centros de Usinagem da Linha ROMI D Hybrid, que combina processos de usinagem com manufatura aditiva (impressão 3D metálica). Os modelos ROMI D800, D1000 e D1250 permitem produzir peças com detalhes complexos, por meio da adição de materiais ferrosos e aços-liga especiais, tais como Inconel e Aços Inoxidáveis, gerando economia no uso de materiais de custo elevado. O processo de solidificação via laser de estado sólido, também conhecido com DED (Direct Energy Deposition) permite também adicionar estrategicamente materiais de maior resistência em áreas de maior desgaste da peça usinada, realizar reparos em moldes em áreas danificadas com maior facilidade e rapidez, além de executar operação de gravação.

Segundo Douglas Pedro de Alcântara, Gerente de Desenvolvimento de Produtos da Romi, as novidades apresentadas refletem as necessidades da nova fase da indústria brasileira. “Não queremos apenas fornecer máquinas para a indústria, queremos proporcionar ganhos em produtividade e gerar retorno aos nossos clientes. A Romi investe em pesquisa e desenvolvimento para que as máquinas sejam cada vez mais adequadas a demanda por tecnologia e automação”.

Além disso, a Romi exibiu um de seus lançamentos, a ROMI GL 250M, equipado com o sistema de automação Gantry Loader, que proporciona altos ganhos de produtividade e retorno rápido do investimento, pois acelera o ritmo de produção e reduz o tempo de carga e descarga.

Fique por dentro de todas as novidades da Romi por meio das redes sociais: Linkedin, Facebook, Instagram, Youtube e Twitter.

Sobre a Romi – A Indústrias Romi S.A. (Bovespa: ROMI3), fundada em 1930, é líder na indústria brasileira de máquinas e equipamentos industriais e está listada no “Novo Mercado”, que é reservado para as empresas com o maior nível de governança corporativa da Bovespa. A Companhia fabrica máquinas-ferramenta, com foco em tornos, tornos CNC, centros de torneamento e centros de usinagem; máquinas injetoras e sopradoras para termoplásticos; e peças fundidas em ferro cinzento e nodular, que podem ser fornecidas brutas ou usinadas. Seus produtos e serviços são comercializados mundialmente e utilizados por uma grande variedade de indústrias, tais como automotiva, de
bens de consumo, máquinas em geral, equipamentos industriais e agrícolas.

SICK Sensor Intelligence demonstra como pode ajudar na interação homem-máquina

A unidade brasileira da SICK Sensor Intelligence na recente Feira Internacional de Máquina-Ferramenta e Automação (Expomafe) teve a oportunidade de apresentar aos profissionais de mercado como tem colaborado na interação homem-máquina, com várias tecnologias e soluções para a indústria 4.0.  

O portfólio de produtos mostrado aos visitantes incluía câmeras 3D, pelas quais era possível, por exemplo, informar a um robô quais movimentos deviam ser feitos para jogar o clássico jogo eletrônico Gênius. Pela plataforma SICK AppSpace é possível criar soluções de inspeções personalizadas para a necessidade individual de cada cliente. Isso proporciona muito mais poder de inspeção e flexibilidade aos sistemas de visão.

Os scanners de segurança comprovaram a performance no mercado. O primeiro scanner a laser outdoor de segurança do mundo, o Outdoor Scanner da SICK, que também estava no stand, tem se destacado no mercado pelo alto desempenho. Ele é certificado de acordo com a IEC 62998, ou seja, tem a especificação técnica internacional exigida para o desenvolvimento e integração de sensores de segurança e sistemas de sensores usados para a proteção de pessoas.

A realidade aumentada é uma das tecnologias habilitadoras mais faladas no momento na Indústria 4.0 e não foi diferente na Expomafe. “Com esta tecnologia e o IO-Link, um protocolo de comunicação capaz de fornecer diversas informações sobre os sensores em uma linha de produção, é possível conseguir um Big Data com todos os detalhes e informações relevantes em um processo industrial e ter uma cadeia produtiva ainda mais transparente e conectada”, diz Fernando Ceregatto, engenheiro de aplicações da SICK Sensor Intelligence.

Entre os lançamentos estavam itens da família de produtos TDC (Telematic Data Collection Solution), uma nova plataforma da SICK para acesso remoto a sensores e análise em tempo real, com o uso de dashboards customizados para sua aplicação.

Sobre a SICK Sensor Intelligence

SICK Sensor Intelligence é uma tradicional fabricante alemã de sensores e soluções para aplicações industriais. Seu foco são as áreas de automação de fábrica e de processos, e logística. O carro chefe tem sido a linha de scanners a lasers, empregados como sensores na proteção e segurança de instalações, robótica entre outras aplicações. Globalmente possui cerca de 10 mil funcionários e seu faturamento líquido em 2018 foi de € 1.6 bilhões.
simone@grupovervi.com.br

Participação da igus na EXPOMAFE 2019

Participação da igus na EXPOMAFE 2019 – a empresa leva nessa edição soluções que focam reduzir a manutenção, melhorar a tecnologia e reduzir custos em aplicações que envolvam movimentação.

Durante os dias 07 à 11 de Maio, a empresa Alemã igus irá apresentar na EXPOMAFE – Feira direcionada ao setor de Automação Industrial, Máquinas-Ferramenta e novas tecnologias – diversas novidades em produtos para aplicações com movimentação que estão invadindo o mercado. Alguns destaques que serão evidenciados no estande da igus serão: o novo Robô Delta, que traz o conceito de automação de baixo custo e é ideal para atividades de Pick & Place, um tour virtual pela fábrica da igus na Alemanha e também cabos especiais altamente resistentes, operando tranquilamente em diversos ambientes.  

A igus, empresa Alemã que atua no desenvolvimento de soluções voltadas especialmente para otimizar aplicações que possuem movimentação, estará marcando presença na próxima edição da EXPOMAFE, que acontece no início de Maio em São Paulo. Com um vasto portfólio que vai desde sua linha mecânica com buchas autolubrificantes e mancais com base polimérica, guias lineares e robôs de baixo-custo até a linha elétrica, com as esteiras porta cabos em plástico e os cabos especiais para fornecimento de energia de modo seguro.

O objetivo para a EXPOMAFE 2019 será levar e apresentar soluções que demonstram como otimizar a produção em diversas indústrias reduzindo custos e promovendo um maior ganho produtivo e tecnológico. Os polímeros da igus trazem diversos benefícios na modernização de equipamentos e em aplicações onde o desgaste é um problema. Para cada desafio que envolve máquinas e equipamentos existem soluções testadas no laboratório de testes da empresa, localizado na Alemanha, que aumentam a confiabilidade das máquinas e reduzem o volume de trabalho de manutenção.

No estande será possível bater um papo com os especialistas técnicos de ambas as linhas, que estarão à disposição para demonstrar as novas soluções e tirar dúvidas sobre aplicações. Demonstrando os produtos na prática, o estande contará com seis máquinas atuando com muita movimentação, além de dois robôs que abordam a questão de automação de baixo-custo.

Para complementar as novidades, no próprio estande os clientes ainda poderão conferir em primeira mão um equipamento de realidade virtual onde é possível andar e observar toda a fábrica da igus em Colônia, na Alemanha que está em constante ampliação. Desde a injeção até o laboratório de testes, é possível passear pelos principais setores da fábrica.

Para Marcelo Pimenta, CEO da unidade da empresa no Brasil, que fica localizada no interior de São Paulo, a igus está passando por uma de suas melhores fases, onde o crescimento da procura pelos produtos tem gerado bons frutos para a empresa e para a indústria brasileira. No final do ano passado a empresa ampliou suas instalações buscando investir em eficiência produtiva para melhor atender seus clientes no Brasil e América Latina, aumentando o estoque e assim melhorando os prazos de entregas.

“Nestes anos difíceis para diversas indústrias, enxergamos grande potencial de crescimento e expansão: – nossos produtos estão cada vez mais sendo procurados por diversos profissionais de diferentes setores industriais, que encontraram com a gente um potencial de redução de custo e melhoria na sua produtividade. É com base nisso que demos esse grande passo, ampliamos nosso estoque, buscando também otimizar nossos processos e melhorar o atendimento. Queremos com isso chegar à excelência! Mudar é sempre difícil, mas por nossos clientes vamos ainda mais longe”, comentou o diretor.

A igus e seu crescimento nas vendas de Motion plastics

Nunca antes foram usados tantos componentes em polímero em aplicações móveis. A igus vem investindo em novas áreas da indústria todos os anos: impressão 3D para peças resistentes ao desgaste com uma vida útil calculável online, “smart plastics” – produtos inteligentes para a indústria 4.0, esteiras porta cabos com curso de 1.000 metros ou buchas de polímero livres de lubrificação com um tempo de operação dez vezes maior que as soluções convencionais – são inúmeras novidades lançadas todos os anos. O fato dos plásticos de alto desempenho para movimentação continuarem a ter uma grande procura a nível mundial demonstra o sucesso da igus. Em 2018, a igus conseguiu aumentar as suas vendas em 8,5 por cento para 748 milhões de euros. Do volume total de vendas, 53 por cento foram alcançados na Europa, 31 por cento na Ásia e 16 por cento na América e na África. O número de funcionários aumentou para 4.150.

Para saber mais sobre a empresa, acesse: www.igus.com.br

IMAGEM1: A máquina 4 media isense traz diferentes tipos de cabos da linha chainflex em diferentes condições de trabalho. Cabos de Servo, BUS e Potência funcionando sem parar para demonstrar a resistência dessas soluções de fornecimento de energia e dados, que podem operar tranquilamente sob diferentes ambientes, seja em altas temperaturas ou com influência de cavacos ou produtos químicos.

IMAGEM 2: Robô Delta – o robô de baixo custo da Igus para automatizar tarefas simples, como por exemplo, de Pick & Place. Uma nova solução de automação composta de atuadores lineares com correia dentada, articulações livres de lubrificação e motores de passo.

IMAGEM 3: Tour virtual pela fábrica da Igus, em Colônia na Alemanha. Equipamento permite usuário visitar os principais setores da fábrica, desde a injeção até as linhas de montagens e laboratórios de testes.